FAQ, Homeschooling

Educação de qualidade já, porque minhas filhas são crianças AGORA

A educação no Brasil precisa sim de melhorias. Precisa de linhas pedagógicas que consigam abarcar as diferentes realidades. Precisa que a verba destinada chegue ao seu real destino e nele seja aplicada da forma correta. Precisa de profissionais bem capacitados. Tenho noção de tudo isso. Já estive em escola pública como funcionária concursada. A melhoria da educação brasileira, assim como outras áreas não acontecerá da noite para o dia. Levará tempo e fará parte de um processo. No entanto, nesse processo, nossos filhos, as minhas filhas existem agora. São crianças AGORA. Estão em desenvolvimento AGORA. Como responsável por elas AGORA, tenho o dever de fazer os sacrifícios para que as elas tenham acesso a uma educação de qualidade, em todos os sentidos. Isso não quer dizer que não ligo para o que acontece fora da minha casa. Quer dizer, apenas, que devo analisar a realidade do poder de ação efetivo que tenho e das prioridades e urgências que são apresentadas a mim.

 Por tudo isso, cabe aqui uma metáfora. Imagine que seu filho é um paciente em um hospital público, o qual você acredita que merece melhor administração. Seu filho necessita de um tratamento especial e você consegue um atendimento mais adequado às necessidades dele em outro lugar, um hospital particular ou um atendimento domiciliar. Nesse atendimento ele terá terapias personalizadas e individuais e, só por isso, os resultados tendem em grande medida a terem rendimento acima da média. Com esse tratamento seu filho viverá melhor. Você deixa a oportunidade passar para lutar pela saúde de qualidade? Deixa seu filho no corredor do hospital que mal possui leitos, remédios, aparelhos, profissionais pagos com dignidade ou leva-o para o lugar no qual ele conseguirá melhorar de verdade? Percebe que uma coisa não tem relação com a outra? Você que tem plano de saúde (eu não tenho…kkk), e pensa que, para lutar pela escola pública é necessário que só ela exista, ou que seja frequentada, também acha isso do SUS? Jogaria fora sua carteirinha do super plano agora?

Fui funcionária pública, estive em escola pública durante algum tempo. Quem está dentro do sistema luta por ele em suas entranhas, é verdade. Mas isso não quer dizer que quem está fora não faz nada. Ouso dizer, inclusive que, algumas vezes, quem não está vinculado de forma alguma tem mais possibilidades, pois não teria nada pessoal a perder. Não seria ameaçado a ser realocado, pressionado de alguma forma. Esse tipo de coisa acontece sim.

Bom, acredito que lutamos por uma educação de qualidade, criando futuras pessoas íntegras, que saberão diferenciar linhas de pensamento escusas, que lutarão pela honestidade e isso desembocará na escola pública e em outras esferas. Nossa linha de atuação pode ser no microcosmos da sala de aula, da secretaria, da prefeitura e/ou no macrocosmos da sociedade, representada por cada família em contato com outras famílias. Esse é um dos vários motivos que acredito que a educação domiciliar deva existir, juntamente com as outras opções educativas em nosso país.

Lutemos pelo direito à escolha. A liberdade faz parte do ser humano e quanto mais este aprende a ser livre e assim atuar, mais chance de termos uma sociedade melhor.

Cibele Scandelari

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s