FAQ, Homeschooling, Materiais, Sem categoria

COMO ARQUIVAR AS PRODUÇÕES DAS CRIANÇAS

Tão logo as atividades homeschoolers começam os pais percebem que o volume de papel não é brincadeira. E aí? Tem que guardar tudo? Dá pra jogar fora tudo? Como fazer a seleção?

Bom, antes de partir para as respostas a essas perguntas é necessário lembrar que os pais que optam pelo ensino domiciliar, caso lhes seja averiguado pelo Conselho Tutelar ou outro órgão público, deverão comprovar que seus filhos NÃO estão abandonados intelectualmente. De quebra, geralmente os conselheiros ficam de olho se a estrutura, a organização de ensino permite o bom desenvolvimento das crianças. Vejam bem, essa é a função de um conselheiro, seja ele simpático ou não à escolha pelo homeschooling, é dever dele averiguar. Encontrar um dossiê bem organizado é algo que depõe à favor dos pais. 

Partindo desse princípio, é prudente que os pais mantenham  uma forma de mostrar, de maneira clara e organizada o trabalho, o roteiro, os resultados que vêm conquistando com os filhos ao longo dos meses. Pelo menos do período de um ou dois anos.

Questionado a esse respeito e sobre a possibilidade de manter os arquivos de forma virtual, Rick Dias, Presidente da Aned, faz uma ressalva: esse pode ser um ótimo meio, no entanto, ainda vivemos em um mundo onde muitos necessitam pegar nos documentos, tê-los palpáveis em suas mãos. Por isso a medida prudente de ter os documentos físicos do período mais recente.

Agora vamos lá! Tem que guardar tudo? Sinceridade? Você não vai conseguir guardar tudo! …kkkkk… A não ser que tenha condições de ter uma outra casa só para isso. E ainda iria precisar de uma curadoria. Mas deixando a brincadeira de lado, vou expor o que eu costumo fazer e que me parece ter sentido.  Mantenho dois fichários (para as duas filhas que estão realmente com atividades mais “formais”) , com repartições internas. Essas repartições são para que eu organize as áreas do conhecimento que, por aqui, são Matemática, Português, História, Geografia, Ciências e Artes. Tudo aquilo que elas produzem e que vem do que foi planejado, como cópias de atividades retiradas de livros vou arquivando nesses fichários.

 

Confesso que algumas vezes acabo não colocando direto no fichário, logo após o término da atividade e o resultado é que depois tenho mais trabalho para arquivar, então eu aconselho: terminou vai pra pasta (o ideal meeesmo é que cada filho aprenda a colocar no lugar a sua própria produção. Eu já devia ter iniciado minhas filhas nesse procedimento, mas fui muito dominadora com relação a isso…mea culpa).  Uso material estrangeiro e outros que não são mais vendidos, por isso minha impressora trabalha pra valer. Então são muitas folhas.  Todas as folhas que são cópias desses materiais entram para o arquivo após serem preenchidas. Ao final, cada uma têm o livro inteiro preenchido. Quando o ano acaba organizo essas cópias e mando encadernar tudo junto. Na capa coloco o nome da filha, ano, e quais as disciplinas que aquele calhamaço contém. Se existe alguma produção mais especial e que não ocupe tanto espaço, como por exemplo um livro de autoria de uma delas, com suas ilustrações, esse é encadernado de maneira especial e arquivado junto.

Projetos mais espalhafatosos como cartazes para feira de ciências, esculturas, a cabeça do Tutankamon para a Mostra de Artes, a Linha do tempo do nosso dia, etc., tiro fotos e mais fotos do processo de produção, exposição tento escrever algo para o blog como registro e imprimo algumas imagens colocando junto do texto dentro do calhamaço. Após as fotos, autógrafos e exposições nos melhores Museus do mundo (rsrsrs) , jogo  fora tais produções (não sem dó).

Com relação aos desenhos, colagens e demais expressões artísticas, digo o seguinte: para algumas mães pode ser difícil escolher. Para outras pode ser fácil se livrar de tudo. Para o primeiro grupo digo: tente aprender a se desprender de algumas coisas. Para o segundo grupo sugiro que escolha ou elabore algum critério para eleger algumas produções. Ter algo no futuro será gostoso para você e para seu filho.

Sugiro o seguinte: guardar os desenhos e produções que foram resultado de uma aula planejada. Uma dica, principalmente para quem tem filhos pequenos é: tão logo seu filho realize a produção com a técnica proposta retire-a de perto dele para que vc tenha algo para arquivar. Se ele quiser continuar a explorar o material e a testar as possibilidades, permita longe daquele que será guardado.

 

Com relação  aos desenhos espontâneos, gosto de colocar a data neles, guardá-los por um tempo e depois fazer uma seleção que mostre a evolução do traçado, da riqueza de detalhes. Por exemplo: crianças pequenas desenham os membros saindo direto da cabeça. Em dado momento começam a desenhar o corpo, então percebem outros detalhes como dedos, orelhas, etc. É legal ter um dossiê que mostre essa evolução. O resto vai fora.

Com certeza outras mães possuem mais dicas de formas de se escolher, arquivar e catalogar os quilos de produções e descobertas dos pimpolhos. Conforme eu for descobrindo-as, compartilharei as super ideias por aqui.

Se você tem alguma sugestão, manda pra gente! Outra coisa apaixonante do homeschooling é essa troca de experiências entre as famílias.

 

Um abraço!

 

Cibele Scandelari

Anúncios

5 comentários em “COMO ARQUIVAR AS PRODUÇÕES DAS CRIANÇAS”

  1. Republicou isso em Mãe de meninas ❤🍃e comentado:
    Achei muito interessante esta dica!! Aqui em casa eu tenho pensando em tudo, e cada término de assunto já imagino como um livro, onde algum dia minhas filhas irão ver com orgulho 😍 poderão recapitular algo… E isso muito me anima ❤️ #homeschooling 🍃👨🏻👩🏽👧🏻👧🏽🐈🕊️💕

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s