Família, Homeschooling, Maternidade

Amizade na Família

         O presente texto foi escrito com base na palestra ministrada por Fernanda de Moura   Bernard   Siqueira no Centro Cultural Igaraçu. Obrigada Fer!

Já fazia algum tempo que eu gostaria de escrever sobre amizade. Amizade entre irmãos, entre os cônjuges, entre pais e filhos e os outros tesouros que vão, ao longo da vida se aproximando do núcleo familiar e conferindo a ele uma doçura a mais.

Na realidade homeschooler o tempo que a família passa junto é um dos grandes fatores que promovem um estreitamento dos laços de amizade. Isso não quer dizer, de forma alguma, que famílias escolarizadas não são próximas. Apenas destaco que homeschoolers contam com mais tempo para essa delícia familiar.

A amizade é uma necessidade humana. Como disse São João Bosco, “Deus nos colocou no mundo para os outros”.  É necessária para que possamos fazer o bem, conviver com homens bons, adquirir experiência e sabedoria e favorecer-se com ajudas mútuas nas necessidades.  Através das amizades podemos satisfazer carências básicas e radicais do homem como ser pessoal. Uma pessoa sem amigos até pode fazer o bem, mas suas ações são potencializadas pela convivência com aqueles com quem compartilha o seu íntimo.

Na família somos aceitos pelo que somos. Dependendo da maneira como essa aceitação ocorra, os laços de amizade ali desenvolvidos podem ser os mais profundos e duradouros da vida de uma pessoa.  Nas relações de amizade verdadeira a pessoa não deve nada ao outro e este outro a aceita integralmente.  “Todo homem  necessita e quer ser amado pelo que é. Isto só é possível nas relações de amizade. Na vida pública, é impossível, pois nelas os homens se relacionam pelo que tem em comum e não pelo que lhe é peculiar.”  Isso não quer dizer que não desejamos que a pessoa querida consiga superar suas dificuldades, mas sim que a amamos COM essas dificuldades e não APESAR das dificuldades. Essa abertura, muito própria da família e das amizades verdadeiras, permite que a intimidade, aquilo de precioso que cada um carrega dentro de si seja exposto. Permitimos, na real amizade, que alguém nos conheça por dentro, que essa pessoa “faça morada” em nosso coração, assim como nós passamos a habitar o íntimo daquela pessoa também.

A vivência homeschooler pode representar para uma família a oportunidade de estreitar os laços. Tão importante quanto aprender matemática é saber que estou rodeada de pessoas que me amam, mesmo que eu tenha muita dificuldade em aprender. O amor, a aceitação, o olhar carinhoso são ingredientes mais que necessários para que uma pessoa desenvolva seu potencial, sua alegria em estar no mundo. É mais fácil viver, aprender, criar quando se é amado, quando o coração está cheio de pessoas importantes e você sabe que está no coração delas. Mais importante que ensinar as formas geométricas para uma criança de 2, 3 anos é fazer com que a mesma tenha a certeza de que é verdadeiramente amada. Mais importante que alfabetizar é suprir as necessidades emocionais de uma criança com um lar luminoso e alegre. Caminhando paralelamente a essa vivência  profunda, os conteúdos serão somados e encontrarão crianças seguras de si, confiantes, pois sabem que estão cercadas de seus melhores amigos.

No próximo texto sobre a amizade na família, vamos falar um pouco sobre o conceto de amizade, sobre o ambiente familiar e os tipos de amizade.

 

Cibele Scandelari

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s