FAQ, Homeschooling

É possível ensinar simultaneamente crianças em idades diferentes? Como?

A não ser que você tenha gêmeos, se tem mais de um filho, você terá crianças de idades diferentes em casa. Tirando a obviedade do fato, ele pode causar um pouco de receio ao pensarmos em educar em casa, uma vez que (pelo menos a maioria de nós) em nossa época de estudos estivemos em uma sala de aula com colegas de mesma idade. Pode surgir daí a certeza, ou impressão, de que não seria possível, ou que seria pouco viável o ensino para crianças em faixas etárias diferentes.

No entanto, é importante esclarecer que turmas multisseriadas existem até hoje. E nelas, as professoras geralmente dão conta não de duas 3 ou 4 crianças, mas sim de uma turma com umas 15 crianças mais ou menos divididas em vários grupos por idades. Porém as dificuldades apresentadas pelos alunos podem variar muito mais que a idade venha a sugerir.

Em casa a realidade não deixa de ser um desafio. Mas não passa perto de ser impossível. Inclusive ouso dizer que o fato de estarem juntas fez com que as minhas filhas mais novas começassem a se interessar pelos assuntos da mais velha e a mais velha passou a rever outros, pois gosta de prestar atenção quando falo algo para as irmãs. Isso passou a acontecer mesmo que o encaminhamento fosse destinado para uma delas e desenvolvido de maneira personalizada. 

Ao trabalhar um assunto dirigido à primogênita, sigo com uma linguagem que ela compreende e faço breves explicações para que a segunda possa acompanhar, nem que seja por alto. Isso acontece muito com história, geografia, ciências e até português. Matemática ainda não. Por exemplo, ao trabalharmos algo de história conto para as duas o mesmo período histórico e vou fazendo perguntas para analisar até onde foi o entendimento de cada uma. Nas atividades de registro delas, se peço uma ilustração, para a de 5 anos geralmente cabe o desenho da passagem  que mais gostou. Nesse momento ela me conta brevemente o que irá desenhar e porque. Para a de 8, divido a folha em algumas partes e ela deve desenhar a sequência dos acontecimentos e ainda deve realizar um breve resumo do que trabalhamos. Ou seja: cada uma fará aquilo que a idade permite. Como o estudo de história é cíclico, logo voltaremos lá e cada uma terá a chance de se aprofundar mais de onde parou.

Existe a possibilidade de organizar a rotina da casa para que o horário de estudo aconteça separadamente para cada criança. Já tive que fazer isso e, por alguns dias, devido a determinado conteúdo que queria dar mais ênfase com uma delas organizei a sequencia dos acontecimentos de maneira que pudesse estar mais pendente de uma e em local um pouco mais isolado. Talvez essa seja uma opção que exija mais da mãe uma vez que o tempo dedicado fica ampliado. Não é impossível, mas exige bastante organização e determinação para que todos tenham a atenção necessária. De qualquer modo, em algum momento cada criança deverá ter algum tempo individualizado para trabalhar, principalmente os conteúdos de matemática e português.

 

Quando as crianças mais novas estão muito agitadas é possível organizar os brinquedos em um ambiente enquanto quem estuda fica em outro. Esse formato, novamente exige mais da mãe que deve se deslocar, mas garante o ambiente necessário de concentração para a aprendizagem.

Outra forma interessante de lidar com as idades diferentes é aproveitar cursos online próprios para cada faixa etária. Enquanto uma ou mais crianças estão trabalhando em frente ao computador, a mãe pode realizar algo mais direcionado com outro(s) filho(s).  Nesse momento sua atenção será direcionada, individualizada, personalizada. Posteriormente poderá avaliar o andamento da aprendizagem pelo curso online. Temos feito isso com o curso de inglês para a de 8 anos e tem dado certo!

 

Com o passar do tempo minhas filhas foram se acostumando a estudar uma do lado da outra. As duas mais novas nasceram nessa realidade e, acredito, não enfrentarão problemas quando suas “aulinhas” começarem com mais ênfase. Ser homeschooler permite que uma habilidade seja desenvolvida desde de cedo: aprender a concentrar-se em uma atividade, pelo tempo que a capacidade de concentração da sua idade permite. O papel da mãe será de auxiliadora do desenvolvimento dessa habilidade. Crianças pequenas ficarão menos tempo e poderão (deverão) ir brincar. Crianças maiores enfrentarão a vontade de ir brincar junto, desenvolverão uma maior força de vontade e colocarão mais tempo na realização das atividades, para então ir brincar.

Gente..é possível sim. Mas cada família deverá encontrar o seu ritmo, que talvez mude ao longo do ano e isso é normal. 🙂

 

Cibele Scandelari

8 comentários em “É possível ensinar simultaneamente crianças em idades diferentes? Como?”

  1. Obrigada por compartilhar sua experiência! Tenho três filhos, sendo que os dois menores têm 2 anos e 8 meses e 9 anos e pensamos em fazer homeschooling, porém a diferença de idade é algo que me deixa um pouco aflita.

    Curtir

    1. Olá Dayse!
      É um prazer poder ajudar!
      Olha, seu filho de 9 anos poderá te ajudar nesse processo e isso vai ajudá-lo a decantar seus próprios conhecimentos (ao ensinar aprendemos mais profundamente) e ela amadurecerá. Será ótimo. Confie em vcs! Se precisar de alguma ajuda e eu puder, estarei à disposição.
      Um abraço!

      Curtir

  2. Estou amando seus textos… Tem me dado segurança para tomar essa decisão. Tenho uma filha de 10 terminando o 5 ano, e um bebê que fará 2 anos mês que vem. Estou pensando em praticar o homescoling a partir do ano q vem e tenho um pouco de medo quando penso nas situações completamente diferentes…
    Minha filha tem tdh e é mais quieta, enquanto que meu caçula é ligado no 220.
    Mas seus textos tem me trazido a calma necessária p entender q é possível!!
    Deus continue te abençoando 💝 😘

    Curtir

    1. Olá Patrícia!
      Fico feliz que esteja gostando!
      Decidir começar é algo muito importante e realmente não deve ser levado levianamente. Com relação aos seus filhos posso te dizer que aos poucos sua mais velha irá desenvolvendo (se vc deixar e aos poucos incentivar) um senso de responsabilidade para com o irmão. Sugiro, se me permite, conhecer um pouco sobre os temperamentos de todos na sua casa. Isso pode vir a te ajudar!
      É possível sim! Não é fácil…mas é muito gostoso!
      Deus te abençoe também!
      Boa sorte!
      Conte comigo!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s