Família, Homeschooling, Maternidade

Tempos de tormenta

Escrevo para você mãe educadora, que se esforça, que dá a alma para que tudo ande em casa,mas que está passando por um período difícil. Suas velas estão içadas, você sabe para onde quer ir, mas seu barco está atravessando uma tormenta. 

Essa tempestade, que joga as ondas sem dó contra a embarcação que leva sua vida, seu tesouro, está tirando sua paz, sua confiança. Você escuta os trovões e eles te dizem “é muita coisa. Você não dá conta.” E então você busca ânimo olha ao seu redor e vê que, apesar das dificuldades e do cansaço, a tripulação permanece ao seu redor e em seus olhos você consegue ver a confiança depositada em ti. Eles te foram confiados e você tem consciência que a responsabilidade é grande. Como sabe que é grande o dever e o dia – a- dia te pede muitas coisas, habilmente você passa a eleger o que realmente é  importante: aqueles elementos que farão de seus filhos pessoas fortes, íntegras, de caráter. A tempestade continua a bater em seu barco e seu olhar consegue captar que o importante você está fazendo.

Porém os trovões berram mais alto e sua atenção passa para outras coisas. Você não deu conta da lavanderia. Os brinquedos não estão separados como gostaria. Na verdade os brinquedos estão pela casa toda. Sua criança mais velha saiu com pouco agasalho e a mais nova está novamente sem sapato. O cronograma do seu planejamento furou. Talvez algum dia o almoço atrasou e seu corpo pede uma trégua. A louça insiste em te dar oi, mesmo que você já tenha tido vários bate-papos com ela ao longo do dia. Não, você não consegue atender tudo na hora que gostaria. Talvez, a tudo isso, a tempestade acrescente alguma preocupação financeira.

Sua voz embarga, sua coragem murcha e ao olhar para onde você sabe que seu barco deve ir,  percebe que não confia mais em si mesma. Quem é essa mulher que ousou achar que daria conta da própria família? Quem é essa que teve a ousadia de ir contra a correnteza e assumir seu lar? Ela não vê que é muita coisa? Que pouco é o tempo de descanso? Que muitas serão as noites mal dormidas, os pratos frios, os almoços em pé? Por quê ela faz isso?

Pois te digo, mãe amiga, olhe para essa tormenta e responda que você não está só. Que a escolha pelo sacrifício é feita por aqueles que reconhecem o alto valor daquilo porque lutam.

Em tempos de tormenta é importante ter em mente que o objetivo da maternidade, do homeschooling, da vida, não é “dar conta de TUDO”. Somos seres humanos, criaturas inundadas de defeitos e simplesmente ISSO NÃO EXISTE. Ninguém dá conta de tudo. O objetivo é saber fazer as boas escolhas, dentre muitas, e se ater ao que é realmente importante. Fazer, o que importa, bem feito.  A bagunça da casa te incomoda e te suga? Tenha em mente que, neste exemplo, o que realmente importa, não é ter a casa showroom, mas sim a luta diária para se adquirir e fazer com que os filhos adquiram a virtude ordem. Todos os dias um pouco e esse pouco embebido em alegria e bom humor. Não deixe a tormenta te mostrar apenas a bagunça. Mostre a ela que isso faz parte de um processo e esse processo faz parte da vida. Além disso…seus filhos não farão tanta bagunça para sempre.

Tenha claro que esses tempos de tormenta chegam, em um momento ou outro, para todas as embarcações. Tanto altas executivas, médicas, professoras como mães homeschoolers passarão por algum momento de ventos fortes que poderão abalar a confiança em si mesmas. A hora da tempestade não é momento para tomadas de decisões de longo prazo. Não é o momento de desistir da educação domiciliar, ou iniciar. É o momento de respirar fundo, buscar um ou mais ombros amigos, rever o porto para onde aponta seu barco e, se estiver no caminho certo, alegrar-se pois, apesar de não dar conta de tudo, o que importa está acontecendo e a confiança em si e na sua capacidade de seguir com a jornada que lhe foi confiada pode permanecer. Ainda mais se  tiver a certeza de que só, nunca estará.

Lembre-se: são nas quedas que os rios se tornam mais fortes.

Cibele Scandelari

2 comentários em “Tempos de tormenta”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s